Menu
Página Inicial
História
Atendimento Doador
Doação de Sangue
Exames Realizados
Sangue
Nossa Empresa
Curiosidades
Mitos
Fique Sabendo
Convênios
Hospitais
Fale Conosco

Exames Realizados

 
 
Importante:

  

  TODAS AS DOENÇAS AQUI RELATADAS PODEM SER PREVENIDAS OU TRATADAS, INCLUSIVE A AIDS.

  O DOADOR COM TESTE POSITIVO É DEVIDAMENTE ORIENTADO E ENCAMINHADO PARA O ESPECIALISTA.

  LEMBRAR QUE OS TESTES QUE FAZEMOS SÃO PARA TRIAGEM, NÃO TENDO INTUITO DIAGNÓSTICO. LOGO, DEVEM SER CONFIRMADOS POR TESTES MAIS ESPECÍFICOS.

 

  

Total de perguntas:08
1. Quais exames serão realizados em meu sangue ?

         Todo sangue doado tem que passar por vários testes para que possa ser utilizado com segurança. Na seleção de sangue são efetuados os seguintes testes: AIDAS, Sífilis, Hepatite B, Hepatite C, Doença de Chagas e HTLV. Além destes testes, será feito também um exame para saber o tipo sanguíneo.
 

         Imunematologia: é pesquisado o tipo de sangue, além de anormalidades dos glóbulos vermelhos e de algumas proteínas do sangue:
 

         Tipagem ABO direta e reversa, Rh (D), pesquisa de anticorpos irregulares (PAI), identificação de anticorpos irregulares (Painel de Hemácias) e pesquisa de hemoglobina S (Hb S).
 

         Sorologia: fazemos testes para HIV (AIDS), HTLV, Hepatites B e C, Sífilis e Chagas:
 

         Anticorpo do Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH/HIV), tipos 1 e/ou 2 (2EIA); Anticorpo do Vírus Linfotrópico de células T humanas (VLTH/HTLV), tipos I e/ou II (EIA); Vírus da Hepatite B (VHB/HBV/HBsAg-EIA); anticorpo do Vírus da Hepatite B (anti-HBc - EIA); anticorpo do vírus da Hepatite C (anti-HCV – EIA); anticorpo da Doença de Chagas (EIA) e Sífilis (VDRL – floculação).

 
Fechar
2. Hepatite ?

  O QUE É HEPATITE VIRAL ?
 
 

      É uma inflamação do fígado, que pode ser causada por vírus. As hepatites virais referem-se a várias doenças contagiosas causadas por vírus que atacam o fígado. Os tipos mais importantes de hepatites virais são hepatite A, hepatite B e hepatite C. Estas doenças podem causar aumento de tamanho do fígado, que se torna doloroso à palpação. Hepatite B e C podem levar a um dano permanente do fígado.
 

  HEPATITE A  

 
      A hepatite A é causada pela ingestão de alimentos sólidos ou líquidos que tenham sido contaminados com excremento humano, no qual o vírus esteja presente. Os sintomas são semelhantes aos da gripe, mas a doença raramente ameaça a vida do paciente. A hepatite A não cronifica.
 

  
HEPATITE B  

 
      A hepatite é uma das mais graves formas de hepatite. A doença é muito mais comum e infecciosa do que a AIDS. A hepatite B pode evoluir para a forma crônica em 10% dos casos. A forma crônica pode evoluir para cirrose ou para um câncer do fígado.
 

  HEPATITE C
 
 
      A hepatite C evolui par a forma crônica em mais de 50% dos pacientes. Assim como a hepatite B crônica, a hepatite C crônica também pode evoluir para cirrose e câncer do fígado.
 

  COMO VOCÊ SABE SE ESTÁ COM HEPATITE VIRAL ?
 

      Há testes específicos para identificar os vírus das hepatites A, B e C. Os Bancos de Sangue utilizam a fim de evitar a transmissão da hepatite durante uma transfusão;
 

      Se o resultado do teste para Hepatite A for positivo, indica infecção recente ou desenvolvimento de imunidade;
 

      Os vários testes para hepatite B podem identificar se a pessoa está infectada, se está se recuperando da doença ou se tem hepatite crônica;
 

      Testes com anticorpos para hepatite C podem indicar que a pessoa foi ou está infectada com o vírus;
 

      Se o resultado para hepatite B ou C for positivo, você deverá submeter-se a monitorização, investigação e, eventualemtne, biópsia hepática.
 

  QUAL A DIFERENÇA ENTRE HEPATITE VIRAL AGUDA E CRÔNICA ?
 

      A infecção inicial da hepatite é chamada de aguda e pode ser branda ou severa. Quando a infecção ultrapassa um período de 6 meses, é chamada de hepatite crônica. O vírus a não leva a cronicidade, porém os vírus B e C levam a este quadro.
 

  O QUE VOCE DEVE FAZER SE COMPROVAR UMA HEPATITE VIRAL CRÔNICA ?
 

      Deve consultar um médico, e submeter-se a um tratamento clínico, com possibilidades de boa recuperação.
 

  COMO TRANSMITE ?
 

      O HBV e o HCV são encontrados no sangue e em outros fluídos corporais (saliva, esperma, secreção vaginal, etc.):
 

         Podem ser transmitidas através de sangue e derivados, e por agulhas. Por esta razão, todo doador deverá ser testado quanto à presença destes vírus antes de doar seu sangue;
 

         Trabalhadores da saúde, técnicos de laboratório, dentistas e outros indivíduos que mantém contato com sangue infectado, instrumentos ou agulhas, são considerados grupos de risco para adquirir hepatites B e C;
 

         Pessoas que compartilham agulhas ao utilizar drogas, também são consideradas de risco;
 

         A contaminação pela hepatite B é freqüentemente transmitida, também, através do contato sexual ou da mãe para o filho durante o nascimento. A vacinação é recomendada para todos os recém-nascidos, crianças, adolescentes sexualmente ativos, trabalhadores da saúde e pessoal de emergência (policiais, bombeiros, paramédicos, etc.). Indivíduos que vivam no mesmo ambiente com pacientes que tenham hepatite B crônica correm o risco de contaminação e devem perguntar ao seu médico sobre a utilização da vacina;
 

         A hepatite C raramente é disseminada por cia sexual ou de mãe par filho durante o nascimento ou em indivíduos que residam no mesmo local. Não há vacina para hepatite C;
 

         Não se pega hepatite doando sangue.
 

  CUIDADOS:
 

      Não faça uso da mesma agulha ou seringa. Não injete na sua veia. Só use seringas e agulhas descartáveis ou esterilizadas. Exija a desinfecção de todo o material cortante e perfurante antes de utilizar;
 

      Use camisinha. O uso correto da camisinha nas relações sexuais é a principal forma de evitar a Hepatite. Use uma camisinha em cada relação;
 

      Reduza o número de parceiros sexuais (homens e mulheres). Quanto mais parceiros maior o risco.
 

  QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA HEPATITE VIRAL ?
 

      Um dos problemas dos portadores das apatetes virais é que muitas pessoas não apresentam sintomas e sentem-se completamente saudáveis. Apenas 25% das pessoas infectadas têm sintomas, dentre eles o "amarelão" (icterícia), fadiga, dores musculares e nas articulações, náuseas, vômitos, diarréia, desconforto abdominal e percebem mudanças na cor da urina e das fezes. Os cronicamente infectados podem, em longo prazo, ter problemas mais sérios no fígado.
 

  QUAIS AS ORIENTAÇÕES ?
 

      Minimizar os contatos, evitar o uso do álcool e utilizar agulhas e seringas descartáveis e desfazer-se delas com cuidado.
 
Fechar
3. Sífilis ?

  O QUE É SÍFILIS ?
 

      É uma doença complexa, infecciosa crônica causada por uma bactéria (Treponema pallidum) capaz de infectar quase todos os órgãos ou tecidos do corpo humano e causar uma grande variedade de manifestações clínicas;
 

      É uma doença que ataca homens e mulheres, e pode levar o doente a Ter complicações muito graves, se não for combatida a tempo;
 

      Inicialmente, surge uma ferida indolor nos genitais ou na boca, que começa a surgir duas ou três semanas após a relação sexual. Ao mesmo tempo, faz a pessoa sentir como se tivesse um ou mais caroços e íngua por baixo da pele, localizados nas virilhas. Estes caroços também não doem. Mesmo sem tratamento, essa ferida desaparecedepois de algum tempo, e a pessoa pode pensar que ficou curada;
 

      Meses depois podem surgir lesões na pele, febre, ínguas, etc. Estas manchas podem aparecer em várias partes do corpo, inclusive nas palmas das mãos e solas dos pés. Essas manchas também desaparecem sozinhas, mas a pessoa continua doente;
 

      Se não tratada, a doença estaciona até que, meses ou anos mais tarde, aparecem às complicações mais graves, e a pessoa pode ficar cega, paralítica, com doença nervosa, problemas cardíacos, etc;
 

      É detectada pelos testes conhecidos como VDRL e FTA Abs.

  COMO SE TRANSMITE ?
 

      A transmissão do T. pallidum pode ocorrer através de contato sexual, uso de sangue contaminado ou de mãe para filho (durante a gravidez ou parto). Não se pega sífilis doando sangue.

  QUAIS AS ORIENTAÇÕES ?
 

      Minimizar os contatos, tratamento clínico e orientar os contatos.

 
Fechar
4. HIV I e II - AIDS ?

  O QUE É AIDS ?
 

      A AIDS (Síndrome da Imunodeficiência adquirida) é uma "doença" associada à infecção pelo HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana), que ataca o sistema natural de defesa do corpo, enfraquecendo-o. O organismo, dessa forma, fica sujeito entre outras coisas, à infecção por germes oportunistas.
 

      O vírus da AIDS atua silenciosamente no organismo durante muitos anos, diminuindo as defesas imunológicas. Durante este período o “portador assintomático” do vírus transmite a doença. Os sintomas só surgirão quando as defesas orgânicas estiverem seriamente comprometidas.
 

  O QUE CAUSA A AIDS ?
 

      Quando se pega um vírus qualquer, ele caminha pelo organismo. Certos glóbulos brancos (linfócitos T), então, produzem anticorpos que atacam e matam esse vírus. Mas quando o HIV entra na corrente sanguínea, ele pode realmente destruir esses glóbulos brancos, deixando o corpo bem suscetível ao ataque de outras infecções.
 

  COMO UMA PESSOA SABE QUE ESTÁ COM HIV ?
 

      Através da realização do teste da AIDS - teste anti-HIV I e II /ELISA e confirmado pelo teste Western Blot.
 

      Quando o teste é positivo, isto significa que a pessoa é SOROPOSITIVA. Mas esta pessoa pode apresentar ou não a doença. Esta pessoa pode transmitir o vírus por relação sexual, sangue e gravidez. porém, conviver e trabalhar normalmente com esta pessoa não oferece risco algum. O teste mais conhecido é o teste ELISA.
 

      Quando o teste é positivo e manifesta algumas das doenças ditas oportunistas, como a candidíase ou “sapinho”, pneumonia por Pneumocystis Carinii, Toxoplasmose, tuberculose, etc., dizemos então que esta pessoa está com AIDS;
 

      Se você tem o HIV, não quer dizer que você tem AIDS ou que ficará doente, ou que vai morrer de AIDS. O vírus pode ficar no seu corpo inativo, por dez anos ou mais, sem causar nehuma doença, por isso é importante você reconhecer situações e comportamentos arriscados e ter seu DIAGNÓSTICO PRECOCE.
 
Fechar
5. HTLV I e II ?

  O QUE É HTLV I e II ?
 

      São vírus linfotrópicos de células T Humanas.

  ATENÇÃO:
 
      O HTLV (Vírus Linfotrópico de Células T Humanas) é um vírus da mesma família do HIV, porém NÃO causa AIDS. Ele está implicado no surgimento de doenças neurológicas que diminuem a força muscular dos membros inferiores e superiores e também podem causar doenças do sangue;

 
      É detectada pelos testes:

 
         Anti-HTLV I e II /ELISA e confirmado pelo teste Western Blot.

  COMO TRANSMITE ?
 
      Através do contato com o sangue, leite materno durante a amamentação e por relação sexual. Não se pega o HTLV doando sangue.

  QUAIS OS SINTOMAS ?
 
      A grande maioria dos infectados não apresenta problemas de saúde. Uma minoria (até 7%) pode ter, em longo prazo, problemas no sangue ou neuromusculares.

 
Fechar
6. O que é Janela Imunológica ?

      Quando uma pessoa contrai uma doença infecciosa, ou seja, quando é infectada por um vírus ou bactéria e o momento em que essa infecção é detectada pelos testes realizados no laboratório, é necessário que se passe algum tempo até que a doença possa ser diagnosticada através de exames de laboratório. Este tempo é chamado de PERÍODO DE JANELA IMUNOLÓGICA;
 

      Em cada doação, o sangue é testado e analisado. Entretanto, no início da “JANELA IMUNOLÓGICA”, os testes de triagem não são eficazes. Isto significa que os testes de triagem têm limitações;
 

      Durante o período da janela imunológica, um doador de sangue pode estar contaminado e os exames serem negativos. Para evitar que pessoas dentro da janela imunológica doem sangue, é que precisamos fazer uma entrevista detalhada com os candidatos à doação;
 

      É por isso que durante a avaliação clínica o doador deve informar com toda franqueza e honestidade, alguma situação de exposição a um risco infeccioso, ou seja, se teve contato com pessoas doentes ou expostas a situações de risco de contrair doenças;
 

      Nosso compromisso é proteger a saúde daquele paciente que necessita receber sangue.

  Agora que você já conhece os riscos, contamos com sua sinceridade e compreensão:

JAMAIS DOE SANGUE PARA SE BENEFICIAR DOS TESTES DE TRIAGEM, REALIZADOS NO SANGUE DOADO.

 
Fechar
7. Curiosidade ?

  VOCÊ SABIA QUE A SINDROME DE IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA (AIDS/SIDA) É UMA DOENÇA GRAVE, CARACTERIZADA POR UMA QUEBRA DO SISTEMA DE DEFESA DO ORGANISMO. E QUE, A ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE RECOMENDA QUE A DOAÇÃO DE SANGUE DEVE SER EVITADA POR CERTOS COMPORTAMENTOS DE MAIOR RISCO QUE SÃO:
 

      Os que fazem ou fizeram uso de drogas injetáveis;
 

      Os que tiveram relação sexual com o mesmo sexo;
 

      Pessoas que receberam sangue há menos de 01 ano;
 

      Homem ou mulher que tenham feito sexo por dinheiro nos últimos 12 meses;
 

      Tenham tido doenças sexualmente transmissíveis nos últimos 12 meses;
 

      Novo parceiro sexual há menos de 6 meses.
 
Fechar
8. Saiba mais !

  ASSIM NÃO SE PEGA AIDS:
 

      Contato diário normal com uma pessoa infectada é perfeitamente seguro. O vírus não é transmitido pelo toque das mãos ou cumprimento (beijo no rosto, aperto de mão/abraço), nem através do suor, salivas ou lágrimas;
 

      Você não adquire o vírus ao tocar objetos usados por uma pessoa infectada: xícaras/talheres/copos, alimentos, roupas, toalhas/sabonete, assentos sanitários, maçanetas, picada de inseto, assento de ônibus, piscina e pelo ar;
 

      O vírus, em si, não é muito forte. Ele não sobrevive por muito tempo ao ar livre e não pode suportar calor ou alvejantes caseiros;
 

      Doação de sangue.
 
Fechar
Link's Úteis
Agência Nacional de Vigilância Sanitária
Ministério da Saúde
American Association of Blood Banks
Organização Mundial de Saúde
Associação Médica Brasileira
Programa Nacional de DST e AIDS
Serviço de Hemoterapia Dom Bosco Ltda - Av. Cidade de Leiria, 374 - 87013-280 - Maringá - PR - Fone/Fax: (44) 3262-8100
Melhor visualizado em 1024x768 - Internet Explorer 5.0 ou superior